O caderno Economia publicou em reportagem: “O famoso hambúrguer do P.J. Clarke’s, de Nova York, chega ao Rio de Janeiro. Com investimentos de R$ 3 milhões, o restaurante abre as portas na quinta-feira no Leblon, mantendo as características do espaço de 130 anos de Manhattan, com direito a móveis originais, um inusitado bar de ostras e a “fórmula secreta” do sanduíche. A inauguração, no entanto, ocorre com alguns meses de atraso, já que a ideia era aproveitar os turistas durante a Copa do Mundo. Mas a necessidade de autorizações da prefeitura — que incluem alvará específico para o letreiro na fachada — acabou adiando o projeto, que consumiu mais de um ano entre a procura do endereço e as obras. Segundo a prefeitura, para obter o alvará definitivo, são necessários documentos que envolvem diferentes secretarias, com base no decreto 29.881, de 2008. — A ideia era abrir antes da Copa, mas não consegui. Foram muitas autorizações em diferentes órgãos da prefeitura. Foi até uma inexperiência minha, pois em São Paulo o processo é diferente do Rio. A contratação de mão de obra também foi cuidadosa. Contratamos uma consultoria, pois os atendentes teriam de ser bilíngues. Eram dez candidatos para uma contratação — diz um dos sócios responsáveis pela pela marca, Cristiano Almeida. A primeira filial do P.J. Clarke’s em São Paulo foi aberta em 2008, e hoje a capital paulista tem dois endereços da rede. O espaço do Leblon não será o único do Rio. Até o fim do ano, o restaurante — famoso por seu estilo art déco, com paredes de tijolos aparentes e toalhas em xadrez vermelho e branco — abre nova filial até dezembro, na expansão do Barra Shopping, com investimentos de R$ 2 milhões”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Economia/Reportagem: Bruno Rosa/19/08/14