Shigeru Ban (da arquitetura efêmera, que assiste vítimas de grandes catástrofes) e Zaha Hadid (do Parque Aquático das Olimpíadas de Londres), ídolos da arquitetura contemporânea, vêm ao Rio em março para o “arqu.futuro”. A prefeitura gostaria que esta geração sofisticada — dias atrás esteve aqui o arquiteto Daniel Libeskind — contribua para a cidade a ser erguida no  Porto. Leia mais na coluna Gente Boa, no Segundo Caderno.

Fonte: O Globo