O caderno Rio trouxe em matéria: “O Plenário do Tribunal Regional Eleitoral do Rio (TRE-RJ) homologou, numa sessão realizada ontem, a devolução ao município de um terreno na Avenida Presidente Vargas, na altura da Cidade Nova, onde seria construída uma nova sede para o órgão. A obra que ergueria um prédio de 13 pavimentos foi cancelada em março, por unanimidade, devido a suspeitas de superfaturamento, falta de projeto básico e de licença do patrimônio histórico, suposta fraude em licitação e dano potencial ao Hospital-Escola São Francisco de Assis,que ocupa um imóvel vizinho, bicentenário”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Rio/Reportagem: Giselle Ouchana/22/08/14