De hoje  a 24 de outubro acontece a 17ª SP Arte (@sp_arte), maior feira de arte da América Latina, que este ano estreia na ARCA, galpão industrial dos anos 1960, em Vila Leopoldina, transformado em um novo pólo de arte de São Paulo.

O Rio estará muito bem representado por lá: a galeria carioca Márcia Barrozo do Amaral vai apresentar 11 obras do arquiteto e muralista Noel Marinho (falecido em 2018, aos 90 anos), incluindo painéis de azulejos em composições inéditas e cores exclusivas feitas a partir de matrizes originalmente criadas por ele. O acervo terá ainda um banco “azulejado” e a primeira tapeçaria (com 1,80 x 1,20m) estampada com um desenho de Noel (de 1958).

 

     

    Acima, Noel Marinho

        Acima, painel de azulejos Sergio Rodrigues

 

          

Acima, pintura em gouche sobre papel feita por Noel em 1960, que deu origem ao painel de azulejos Guache (capa), em novas cores e composição.

Essas reinterpretações do legado de Noel (incluindo transposições para novos suportes, dimensões e tiragens são feitas pelo Estúdio Design Noel Marinho (@noel_marinho), comandado por sua filha, a arquiteta Patricia Marinho com sua sócia Menuèle Colas, sempre com a curadoria de Heloísa Amaral Peixoto.

 

Tem mais Noel em São Paulo nesta semana:  no dia 21 de outubro (quinta-feira), às 16h, será lançando o Livro “Noel Marinho – O uso imaginoso dos azulejos”, na Arte 132 Galeria (@arte132galeria), em Moema.   

Acima,  detalhe painel de azulejos Kaufman.

 

Acima, detalhe do painel de azulejos Mario Pedrosa.

 

ESTÚDIO DESIGN NOEL MARINHO: