“A cidade sou eu” trata com originalidade e inovação o campo do urbanismo. O livro traz uma nova perspectiva da cidade como elemento constituinte da pessoa. Ganhador do Prêmio Capes de Tese 2008 na área de Arquitetura e Urbanismo, a edição apresenta um novo conceito de cidade, amplia o debate sobre as transformações contemporâneas e sobre um novo entendimento do que sejam cidade e pessoa hoje. O lançamento será na sexta-feira, dia 25, às 19h, na Livraria Argumento.

O livro desenvolve a hipótese de que não há distância que permita circunscrever separadamente Eu e Cidade. O estado atual da rede planetária está constituindo Eu como lugar. “Vários autores estão tentando dar conta das transformações contemporâneas e reconceituar o que seja cidade hoje, e esta é uma questão importante no campo do urbanismo. Há algum tempo tenho pesquisado novos conceitos de cidade que se afastam de articulações tradicionais esteadas na geografia ou tempo cronológico. Paralelamente tenho pesquisado a Nova Psicanálise, e o cruzamento desses dois campos, estabelecendo um conceito de cidade no século XXI sob o ponto de vista de uma pessoa”, diz a arquiteta e urbanista Rosane Araujo, autora do livro, Doutora em Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. “Este livro foi a resultante de um percurso de estudo, experiência e mudança de visão de mundo”, complementa.

“’A cidade sou eu’ propõe excelentes pesquisas de conceitos atuais da cidade e do eu, unindo-os de maneira persuasiva. O livro é tanto teórico quanto experimental. Possibilita ao leitor redefinir o espaço para si mesmo. É um modificador de sensibilidade”, afirma Derrick de Kerckhove, pesquisador canadense que assina o prefácio.

 

­­­­­­­­­­­­­­­­A CIDADE SOU EU, de Rosane Araujo — 246 páginas, R$ 58,00

Novamente Editora

Lançamento: sexta-feira, dia 25 de novembro de 2011, a partir das 19 horas

Livraria Argumento – Rua Dias Ferreira, 417 – Leblon – Tel: 2239-5294