A Casa Vogue publicou em nota: “Ele tinha 11 anos quando se mudou para Paris com o pai, José Zanine Caldas. Já na adolescência, passada no Rio, estudava no Liceu Molière e visitava a França três vezes ao ano. Coincidência ou destino, o mesmo país que ensinou Zanini de Zanine a gostar de arte e a valorizar palavras como “tradição e cultura”, convidou-o a ser o Designer do Ano da primeira Maison e Objet Americas, que acontecerá em maio, em Miami. Ele já fez parcerias com marcas internacionais como Poltrona Frau e Cappellini, e vende na Christie’s. Está completo, afirma Roberta Queiroz, sócia da Velvet Design, empresa responsável por curar os nomes brasileiros na feira. Entre os 300 expositores que estarão no Miami Beach Convention Center, Zanini vai apresentar itens inéditos e uma retrospectiva. A direção vai usar peças do designer homenageado nas áreas comuns do evento, e os candidatos são, até agora, os bancos de aço lançados por Zanini em parceria com a Merkal. www.maison-objet.com“. Leia mais na Casa Vogue de janeiro.

Fonte: Casa Vogue/Gente