A coluna Em casa, por Marcia Müller, informou em nota: “Almofadas geralmente são polêmicas: muitos amam e muitos odeiam! Na realidade, a almofada fica sempre muito bem quando realmente é necessária, e não apenas decorativa. A almofada mal colocada pode transformar-se no oposto da sua função, que é tornar o sofá mais confortável. Já vi sofás com tantas almofadas decorativas que sentar nele se tornava um suplício! As almofadas eram “expulsativas” e, não, decorativas. As pessoas que sentavam no sofá tiravam a maioria das almofadas. E colocavam todas no chão… Acho usar dessa forma um desastre! Gosto de usar quando elas melhoram o visual e principalmente o conforto do sofá. Existem sofás que precisam de almofadas – eles não têm encosto; portanto, a almofada faz essa função. Quando é necessário um mix de almofadas que não necessariamente têm semelhança com o tecido do sofá, fica sempre elegante. Eu, pessoalmente, não gosto de almofadas com o mesmo tecido do sofá; prefiro sempre algo diferente de textura e de cor. Gosto muito das almofadas da Tricia Guild, da loja Emporio Beraldin – são lindamente coloridas. Se o seu sofá necessita de almofadas, aproveite para fazer a diferença no ambiente. Em algumas situações, também vale colocar as almofadas numa linda cesta ao lado do sofá e deixar que cada pessoa decida se quer usar, ou não. Existem pessoas que odeiam literalmente almofadas mesmo que o sofá seja duro ou desconfortável. Para essas, a cesta fica prática, além de supercharmosa!”. Leia mais no blog.

Fonte: Lu Lacerda/15/04/14

http://lulacerda.ig.com.br/em-casa-por-marcia-muller-almofadas-ter-ou-nao-ter/