O site da Bamboo trouxe em reportagem: “Zaha Hadid faleceu repentinamente, de problemas respiratórios, em 31 de março. Ela era reconhecida como a maior arquiteta mulher do mundo atualmente. Nascida em Bagdá, estudou matemática na Universidade Americana de Beirute, antes de começar sua carreira como arquiteta, em Londres, em 1972. Em 1979, abriu seu próprio escritório. Seu primeiro grande projeto a receber atenção internacional foi o corpo de bombeiros da Vitra, em Weil Am Rhein, Alemanha, em 1993. Mais tarde, desenhou o Centro para Arte Contemporânea Rosenthal, em Cincinnati, nos Estados Unidos, em 2003; o Museu Nacional Italiano de Artes do Século 21, em Roma, na Itália, em 2009; a Ópera de Guangzhou, na China, em 2010; e o Centro Aquático de Londres, para os Jogos Olímpicos, na Inglaterra, em 2011. Em 2014, seu trabalho foi reconhecido com o Pritzker. Ela foi a primeira mulher da história  a ganhar o prêmio. Também já foi homenageada diversas vezes pelo RIBA – Royal Institute of British Architects –, incluindo o recebimento da Royal Gold Medal. Também foi a primeira vez que tal prêmio foi entregue a uma mulher”. Leia mais no site.

Fonte: Bamboo/Reportagem: Maria Silvia Ferraz/31/03/16

http://www.bamboonet.com.br/posts/relembre-a-trajetoria-os-conceitos-e-os-principais-projetos-da-grande-arquiteta-iraquiana