Tramas Galeria de Arte_Renan Cepeda_Corcovado

A partir de hoje galeristas do Shopping Cassino Atlântico se reúnem para abrir exposições com as mais variadas manifestações artísticas. Trata-se do Atlântico Contemporâneo que, em sua quarta edição, reúne 16 importantes galerias do cenário nacional e apresenta as novidades em pintura, escultura, colagem, fotografia, grafite e performance. Com 1500 metros quadrados de mostras simultâneas, o mall se transformou no maior e principal centro permanente de arte contemporânea do Rio de Janeiro.

 

Anderson Thives_FRIDA KHALO

Conectado às principais tendências das artes visuais, movimentos e artistas, o evento conta com a participação das seguintes galerias: Athena Galeria de Arte, Athena Contemporânea, Anderson Thives Studio and Art, Colecionador Contemporâneo, Espaço Eliana Benchimol, Galeria Gauguin de Arte | TNT Arte Galeria, H.Rocha Galeria de Arte, Galeria Inox, Marcia Barrozo do Amaral Galeria de Arte, Mauricio Pontual Galeria, Movimento Arte Contemporânea, Neyde Leone Galeria de Arte, Patrícia Costa Galeria de Arte, Sylvia Mutran Galeria de Arte, Tramas Galeria de Arte e VG Arte Galeria.

 

Galeria Movimento_artista Toz_obra Seleção Natutal_crédito Rogério Krrank

“A ideia de um happening com exposições simultâneas surgiu durante conversas informais entre membros das galerias. Muitos falavam acerca da necessidade de aproveitar melhor a vantagem que temos em estar num shopping que reúne várias galerias de arte contemporânea – além de antiquários, joalherias e leilões que também oferecem artigos de luxo”, afirma Ana Maria Monteiro de Carvalho, coordenadora do evento.  Segundo Ana Maria, o objetivo inicial era somar. “Assim, seria possível expandir nossa rede de contatos, divulgar o mercado de arte e atrair ainda mais pessoas para o shopping”, complementa a marchand.

 

Galeria Sylvia Mutran_Pitagoras Lopes Goncalves

 

O Atlântico Contemporâneo começou em 2010 com apenas uma edição. Na época, participaram somente seis galerias. O resultado foi tão bom, que no ano seguinte já foram duas edições, uma em abril e outra em setembro, que se repetirão em 2012. Além disso, a participação de expositores mais que dobrou. “Conseguimos tornar o Atlântico Contemporâneo parte do calendário oficial de mostras na cidade. Para 2012, esperamos cerca de 1.500 pessoas só na noite de estreia”, afirma Lucimar Monthé, da galeria VG Arte.

 

Galeria H.Rocha_Fernando Mendonça

O evento pode ser considerado um preview do que vai ser visto nas grandes feiras de arte contemporânea do Brasil, já que várias das galerias do shopping participam da SP Arte, Art Rio e do Salão de Arte da Hebraica, em São Paulo.

 

Anderson Thives Studio and Art

Para a exposição “Portraits”, Anderson Thives apresenta 15 retratos, com a sua técnica de colagem, onde  além do papel também o artista explora novos materiais – como tampinhas de garrafa pet, palitos, embalagens descartáveis, entre outros. Uma de suas obras merece destaque e promete gerar discussão: o retrato de dois polêmicos políticos brasileiros, famosos por suas declarações homofóbicas, feitos com recortes de pornografia. “Ele” com imagens só de sexo entre homens, e “Ela” criada a partir de recortes de sexo anal. O artista também mostrará outras obras seguindo a linguagem do pornô, como Monalisa, entre outras. O preço das obras varia de R$ 5.200,00 a R$ 30.000,00.

 

Athena Galeria de Arte

Para o Atlântico Contemporâneo, a Athena Galeria de Arte apresenta a exposição “Fotossíntese 2012” – coletiva de fotografias com temas variados, que coloca lado a lado artistas consagrados e jovens fotógrafos. São nove obras, com valores a partir de R$ 5.000,00, de nomes como Carlos Vergara, Cláudio Edinger, Vik Muniz, Mário Cravo Neto, Zezão, Eduardo Masini, Alexandre Mury e Betina Samaia.

 

Galeria Athena Contemporânea

Com curadoria de Vanda Klabin, a Galeria Athena Contemporânea apresenta a exposição “fuga>lenta”, individual de Joana Cesar. A artista, que estampou os muros da Zona Sul com um alfabeto particular usado para contar os segredos que na adolescência eram escritos em uma agenda, mostra seus trabalhos pela primeira vez em uma individual em galeria. Para essa exposição, Joana apresenta onze placas de aço, em tamanhos variados, que já trazem camadas sucessivas dos resíduos naturais do caos urbano. Esse será o suporte principal para receber as suas intervenções, com diversos tipos de materiais como spray, pigmentos, colagens e caligrafias feitas com pincel oriental e nanquin.

 

Colecionador Contemporâneo

A galeria Colecionador Contemporâneo apresenta a primeira individual de Leila Pugnaloni no Rio desde 1989. Sob curadoria de Marco Antonio Teobaldo, a exposição “Onda” é dividida em duas partes: uma seleção de desenhos e um conjunto de pinturas da série “Módulos de luz”, em que a artista trabalha com volumes tridimensionais e reflexos de cores sobre áreas vazias. Leila exibe pela primeira vez trabalhos em que poucas e precisas linhas definem corpos e silhuetas, de forma minimalista.

 

Espaço Eliana Benchimol

Durante o Atlântico Contemporâneo, o Espaço Eliana Benchimol apresentará os novos nomes da galeria, Aline Sancovsky e Jorge Pereira. Além disso, expõe obras inéditas de alguns dos seus principais artistas, em uma coletiva de trabalhos em arte concreta e arte cinética – estilos pelos quais a marchand se tornou referência no país. Ao todos, são 25 peças, entre telas e papeis, em tamanhos diversos e com preço que varia de R$ 2.800 a R$125.000.

 

Galeria Gauguin de Arte | TNT Arte Galeria

Para o Atlântico Contemporâneo, a Galeria Gauguin apresenta, em parceria com a TNT Arte Galeria, a exposição “Alquimia”, individual de Marco Velasques, com curadoria de Edson Alexandre e Thais Alexandre. Serão apresentados 15 trabalhos entre fotografias e pinturas, em diferentes suportes como tela, papel fotográfico e laminado de PVC transparente. Tudo explorando a alquimia de tintas e cores em que mistura o colorismo, o abstrato e o figurativo. Entre as obras, está “Cristo Redentor”, peça fruto de um trabalho fotográfico realizado para comemoração dos 80 anos encomendado pela arquidiocese do Rio de Janeiro.

 

H.Rocha Galeria de Arte

A H.Rocha Galeria de Arte apresentará um apanhado de mais de vinte anos do trabalho de Fernando Mendonça, composto por obras que representam vários momentos de sua trajetória. São temas variados onde o artista maranhense, radicado no Rio de Janeiro, transita como um cronista do cotidiano urbano, captando instantâneos de sua tipologia e iconografia. Sempre em acrílica sobre tela, preferencialmente de grandes formatos, Fernando convida o espectador a um tour entre o bucólico e o real desse universo.

 

Galeria Inox

A Galeria Inox apresenta a exposição “Errático, errante”, de Renato Bezerra de Mello. Com oito obras que usam diferentes técnicas, como desenhos, bordados e vídeos, o artista permanece vinculado aos subterfúgios da memória e do apagamento, questões tratadas em todo o seu percurso artístico. Neste projeto, Renato se direciona mais aos modos de fazer, às possibilidades do brincar, e, assim, de habitar as fissuras do tempo, os intervalos, os momentos onde não cremos em nada, onde perdemos os sobressaltos. Preços a partir de R$ 3.000,00.

 

Marcia Barrozo do Amaral Galeria de Arte

Marcia Barrozo do Amaral Galeria de Arte apresenta uma exposição individual de Manfredo de Souzanetto. São doze trabalhos inéditos, sendo seis sobre tela de linho e seis sobre papel reciclado e fibra de linho, seguindo as características geométricas que norteiam a obra de Manfredo. Com grande sutileza, o artista inclui detalhes orgânicos, quebrando a rigidez da geometria e utiliza cores quentes e vibrantes.

 

Maurício Pontual Galeria de Arte

Para o Atlântico Contemporâneo, a Maurício Pontual Galeria de Arte apresenta “Dinastia Ming”, exposição individual de Eduardo Bortk.  Na contramão da tirania das vanguardas, nem sempre compreendidas ou assimiladas pelo publico, se impõe o Realismo Contemporâneo como força crescente em vários mercados. Saber pintar, compor, misturar as cores, ser figurativo e ao mesmo tempo atual é tarefa para bons artistas. Eduardo Bortk representa tudo isso em 12 obras inéditas, onde só a cor branca aparece, inspiradas nos imperadores da famosa dinastia do império chinês.

 

Movimento Arte Contemporânea

Com o título de “O vendedor de Alegria”, e curadoria de Ricardo Kimaid Junior e Isabel Portella, a exposição individual do Toz (o grafiteiro Tomaz Viana) tem como proposta deixar a Insônia e as cores da noite um pouco de lado e acordar para a claridade ensolarada. Se grafitar é brincar, Toz nos convida a seguir com ele descobrindo um mundo mais alegre e estabelecendo relações afetivas com o cotidiano.  A cidade é sua inspiração, os muros e telas são suportes onde tece a própria experiência estética.

 

Neyde Leone Galeria de Arte

Para o Atlântico Contemporâneo a Neyde Leone Galeria de Arte preparou a exposição “Meus Mitos”, individual com 15 fotografias da artista paulista Marcela Tiboni, onde se destacam as obras: “O Beijo II”, e “Ataque surpresa a Archimboldo” e “Entrecorpos”. A história da arte é explorada pela fotógrafa através da admiração e estranhamento que experimentou em seus primeiros anos de estudo dos clássicos, o que a levaram desenvolver um trabalho que consiste em invasões, protagonizadas por ela mesma, neste espaço hipotético da arte. O valor das obras varia de R$1.600 a R$ 4.000.

 

Patricia Costa Galeria de Arte

Intitulada “Dimensão dos Papeis”, a exposição organizada pela Patrícia Costa Galeria de Arte reúne desenhos, litogravuras, serigrafias, pinturas e objetos, tendo diversos tipos de papel como suportes. São obras de nomes como Antonio Dias, Ângelo de Aquino, Flávio Shiró,  Frans Krajcberg, Eduardo Sued, Carlos Vergara, Rubens Gerchman, Tomie Ohtake, Cildo  Meireles, Antonio Henrique do Amaral,  Barrio,  Jadyr Freire e Ivan Serpa. O destaque da exposição, entretanto, fica por conta do retorno às galerias cariocas do artista Sérgio Porto, depois de 16 anos sem expor. O artista, que tem participação em duas obras que estão em Inhotim, vai expor dois trabalhos da década de 80, intitulados “Janelas”.

 

Sylvia Mutran Galeria de Arte

A Sylvia Mutran Galeria de Arte apresenta exposição coletiva com artistas consagrados da arte contemporânea como Ângelo Aquino, Artur Barrio, Cildo Meireles, Jorge Guinle Filho, José Bechara, Pitágoras Lopes Gonçalves e Thomas Henriot. Serão 25 obras, onde predominam as pinturas e gravuras, com preços a partir de R$ 12.000,00.

 

Tramas Galeria de Arte

Para o Atlântico Contemporâneo, a Tramas Galeria de Arte apresenta a exposição “Daqui se Vê”: um conjunto de 16 fotografias, em diversos formatos, de Renan Cepeda. Na mostra, o artista traz novos pontos de vista da paisagem carioca, em imagens que parecem ter a intenção de deixar velada a época em que foram realizadas, conferindo uma atmosfera de sonho e de atemporalidade – efeitos do filme infravermelho.

 

VG Arte Galeria

Nesta edição de Atlântico Contemporâneo, a marchand Lucimar Mothé apresenta quatro artistas, de diferentes regiões do Brasil: Ayao Okamoto, pintor paranaense; Aprigio Fonseca, artista plástico e fotógrafo de Pernambuco; Thaïs Helt, gravadora mineira; e Sebastião Barbosa, fotógrafo do Amazonas. As obras de Okamoto fazem parte da série “Araticum”, produzida entre 2010 e 2012, e usam óleo e pigmento craquelado sobre base de madeira. Já Aprígio Fonseca, apresenta obras da série “Piso”, uma homenagem ao pintor, fotógrafo e designer paulista Geraldo de Barros, criador do Grupo Ruptura e expoente da arte concreta brasileira. Thaïs Helt participa com a obra “Tempo Impresso”, que usa a técnica de lito e collé sobre tecido. Sebastião Barbosa explora a técnica das câmeras artesanais pinhole para trabalhos inéditos. Além disso, Lucimar vai expor trabalhos da fotógrafa francesa Lamia Abillamia.

 

 

 

Atlântico Contemporâneo – Shopping Cassino Atlântico – Av. Atlântica, 4240 – Copacabana – Rio de Janeiro. – www.shoppingcassinoatlantico.com.br.

Coquetel de lançamento, somente para convidados: 12 de abril, das 19h às 22h.

Visitação de 13 de abril a 05 de maio. De segunda a sexta das 12h às 19h e aos sábados das 12h às 17h. Entrada gratuita.