Apresentamos para você mais alguns ambientes da mostra que este ano ocupa a Avenida Rui Barbosa, 762:

Apartamento Carioca, de Alexandre Lobo e Fabio Cardoso

O teto, parcialmente rebaixado em gesso, ganhou pintura em tom amarelo vibrante. Uma das paredes recebeu uma foto adesiva gigante de um painel metálico todo oxidado, grande destaque do espaço. Esculturas de bicicletas decoram todo o ambiente. Com dois ambientes integrados, estar e quarto de casal, o projeto, com farta iluminação natural, tirou partido do pé direito alto e do piso de tábua corrida originais. Parte do teto em laje de concreto também ficou exposto. As cores são neutras, remetendo a matérias-primas naturais.

Atelier do Designer, de Dani Parreira e Flavia Santoro

O espaço faz uma homenagem ao designer e arquiteto Sérgio Rodrigues. E Sérgio Rodrigues faz uma homenagem ao espaço: desenhou um tapete exclusivo para ele. “Fizemos um ateliê, como se fosse seu lugar de trabalho, onde cria peças e também recebe convidados e amigos”, conta Dani Parreira. A iluminação, assinada pelo lighting designer Widimar Ligeiro, é um capítulo à parte. Mistura bancos Mocho, presos ao teto, com lâmpadas baloon e luminárias Tigela de Pé, da linha Brasileirinho, da La Lampe.  O ambiente é em madeira (teto, piso e uma das paredes) e tons de cinza, do tipo cimento queimado, presentes no papel da Orlean e nos detalhes dos móveis. O mobiliário, claro, é quase todo do arquiteto homenageado: mesa Burton, de 1958, cadeiras Fernando e Menna, de 1978, e uma poltrona inédita, a Gio, que será lançada na Casa Cor Rio.

Estúdio da Estilista, de Gabriela Eloy e Carolina Travaglini

O Estúdio da Estilista pertence a uma jovem totalmente antenada com o seu tempo. Que gosta de mesclar peças antigas com modernas, que valoriza o rústico e o luxo. “Unimos no espaço elementos da cidade e do campo. Inclusive, entulhos de uma obra em frente a minha casa na serra”, conta Gabriela Eloy. O ambiente, dividido em sala de estar, quarto e minicopa possui apenas 30m². Nas paredes o contraste entre a aspereza das pedras Palimanan e o delicado papel Neve com toque aveludado. A cabeceira da cama, revestida em linho, é de lona estonada. As prateleiras deslocadas na parede e iluminadas com fitas de Led parecem flutuar. O piso e o teto originais de madeira foram mantidos.

Apartamento da Decoradora, de Solange Medina

O apartamento, com linda vista para a Baía de Guanabara, tem 52m². Foi divido em quarto, com banheiro e closet, sala, com sofá, escrivaninha e mesa para dois, e uma pequena copa de apoio.  Em tons de nut e lima, o ambiente abriga móveis contemporâneos em acrílico, madeira e laca em tons degradée e com couro no acabamento. “Criei um espaço pensando em mim mesma. Uma suíte com todos os requisitos que desejo encontrar nos hotéis em que me hospedo”, diz, sincera, a arquiteta. Os móveis são de design, como as banquetas, da Rafaella Medina Casa, o sofá retrátil Flex e a mesa de jantar Dotti, do Estúdio Nada se Leva, ambos da Finish, e as cadeiras Smiles, de Marcelo Liggiere.

Fotos: Rodrigo Azevedo