O Morar Bem trouxe em reportagem: “Apreciar um bom vinho é mais do que ingerir uma bebida qualquer, pois trata-se de uma arte que envolve degustação e prazer. Em cada uva, um sabor — isso sem contar as nuances que podem ser sentidas conforme a região onde foram plantadas. Logo, as garrafas dos amantes de uma boa taça merecem um lugar especial na casa. Mas esqueça aquela tradicional adega isolada no porão. Ao lado da lareira, na varanda, embaixo da escada ou parecidas com as que se vêem em restaurantes, arquitetos afirmam que há cada vez mais pedidos para que elas sejam integradas ao resto das salas e varandas, só que repaginadas e mais modernas. Além do charme, a beleza da mistura do vidro — que geralmente é usado como revestimento —, das garrafas e da madeira incrementa a decoração. Isso porque esses são os materiais mais usados. Foi o artifício escolhido pelo arquiteto Vicente Giffoni, ao atender a dois pedidos especiais, recentemente”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Morar Bem/15/11/15