Ainda segundo a coluna Negócios & Cia, “as lojas já representam 25% do faturamento. Criada no fim de 2011, a Oppa dobrou receitas no 1º ano. “Neste semestre, as vendas vão triplicar sobre janeiro-junho, prevê Epperlein. O centro de distribuição, aberto há cinco meses em Barueri, exigirá expansão até dezembro”, diz”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Economia/Negócios & Cia/17/10/13