A Revista O Globo publicou em reportagem: “A grande oferta de apartamentos para aluguel por temporada na Zona Sul carioca tem reflexos também na atuação de arquitetos, que estão criando uma verdadeira cartilha do que se deve fazer (ou evitar) na decoração para atrair locatários. Nos últimos meses, este perfil de cliente — proprietários dispostos a adaptar o imóvel para aluguel de curto período — vem aumentando nos escritórios de arquitetura. Em geral, eles querem reformar o lugar para dar uma levantada nos ambientes antes de anunciá-lo a possíveis inquilinos. Segundo sites especializados no assunto, como o Alugue Temporada (extensão do americano Homeaway), em áreas como Leblon, Ipanema e Copacabana, o número de apartamentos registrados para este tipo de locação cresceu mais de 120%, de 2011 para cá. Entre os locadores, estariam antigos proprietários ou herdeiros que não conseguem manter os altos custos da região, empresários e gente de fora do Rio que está investindo aqui, de olho na Copa e nas Olimpíadas. Alguns truques podem ser replicados na sua própria casa. Exemplo: uma das primeiras providências de arquitetos convocados para a tarefa ‘decorar para alugar’ é abrir a cozinha, adaptando-a ao estilo americano. Eles acreditam que, para um inquilino de temporada, a hora da refeição é um momento de lazer, sobretudo se estiver de férias. Numa cobertura dúplex de 190 metros quadrados em Ipanema, reformado pelo escritório InTown para um consultor de hotéis de luxo que a comprou já com a intenção de alugar por temporada, a cozinha faz parte da sala. O piso de concreto, que cobre o primeiro andar todo, cria a unidade. — Optamos por uma decoração minimalista, recurso que deixa os espaços mais amplos — conta Hugo Schwartz, que assina o projeto com Alexandre Gedeon. — E os acabamentos em estilo ‘brutalista’, com bastante uso do concreto, dão um toque de loft que costuma agradar”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Revista O Globo/ Reportagem: Isabela Caban/ 21/07/13