A Veja Rio trouxe matéria sobre os pequenos espaços do Casa Cor Rio. Segundo a reportagem, “Geralmente tomando como base ambientes amplos, que se prestam a todo tipo de criação saída da cabeça de arquitetos e decoradores, a mostra Casa Cor passou por uma transformação radical em sua 22ª edição, que se inicia na próxima quarta-feira (3). Em vez de utilizarem os espaços avantajados dos casarões e palacetes que costumam receber a exibição, esses profissionais tiveram de bolar projetos para cômodos exíguos, o menor deles com 12 metros quadrados. A exposição vem ao encontro de uma tendência das metrópoles no mundo todo: — a crescente demanda por apartamentos cada vez mais compactos, os chamados “apertamentos”. No Rio de Janeiro, o número de lançamentos imobiliários com apenas um quarto saltou de 28, três anos atrás, para 218, em 2012. No mesmo período, a área média das residências de um dormitório passou de 50 para 38 metros quadrados. ‘O espaço nas cidades se valorizou muito. Assim, as unidades novas tiveram de ter seu tamanho reduzido’, afirma Leonardo Schneider, vice-presidente de assuntos condominiais do Sindicato da Habitação (Secovi-Rio)”. Leia mais na Veja Rio.

Fonte: Veja Rio/ Reportagem: Leticia Pimenta/ 03/10/12

http://vejario.abril.com.br/edicao-da-semana/casa-cor-2012-703753.shtml