O caderno Rio trouxe em matéria: “Os arquitetos Hector Ernesto e Vigliecca Gan, ambos de São Paulo, venceram o concurso com o melhor projeto para o anexo da Biblioteca Nacional, que será erguido na Zona Portuária. anúncio dos vencedores foi feito ontem, na sede do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RJ). Promovido pela Fundação Biblioteca Nacional ( FBN) e pela Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), a competição teve 66 inscrições de profissionais de todas as regiões do país e recebeu 38 trabalhos. Três propostas foram para a final, sendo que a escolha do vencedor levou em conta a relação espacial entre a biblioteca e a nova orla da Baía de Guanabara, com a revitalização do Porto. Os autores do arrojado projeto vencedor foram anunciados pela secretária- executiva do Ministério da Cultura, Ana Cristina Wanzeler, que assumiu a pasta interinamente, após o pedido de demissão de Marta Suplicy, na última terça-feira. O júri — formado por Sérgio Magalhães (presidente nacional do IAB), Luiz Antonio Lopes de Souza, Nivaldo Vieira de Andrade Junior, Gilberto Belleza e Ricardo Villar — concluiu que o projeto de Ernesto e Gan valoriza os vínculos entre o edifício e a futura esplanada, incluída na reurbanização do Porto. A previsão é que o projeto executivo esteja pronto em 2015 e o novo anexo seja inaugurado em 2017”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Rio/Reportagem: Célia Costa/15/11/14