A abertura da exposição de Antonio Dias “Para onde vai a libido?”, ontem, na Mul.ti.plo Espaço Arte, congestionou a calçada da livraria Argumento e a Dias Ferreira levando um público de mais de 500 pessoas que queria ver de perto a inédita coleção de 21 colagens e aquarelas de um dos mais importantes artistas brasileiros, que agora integra também o acervo do MoMA, de Nova York. Os convidados foram recebidos por uma carrocinha de chope logo na entrada do prédio, onde colecionadores e críticos de arte, artistas, arquitetos e até galeristas concorrentes admiravam encantados a coletânea de trabalhos produzidos há duas décadas e que ficou “escondida” do olhar público. No início deste ano foi adquirida de uma coleção catalã por Stella Silva Ramos, sócia de Luiz Carlos Nabuco e Cristina Magalhães Pinto na Múl.ti.plo. Chamou atenção a maciça presença de estudantes que sequer tinham nascido quando as obras foram criadas. Confira quem esteve no evento nas fotos de Paulo Jabur.