Segundo reportagem do Morar Bem, “o nome da mostra mudou, mas a premissa do reaproveitamento nunca esteve tão em voga. Em sua décima edição, a mostra Morar Mais — o chique que cabe no bolso (ex- Morar Mais por Menos), que começa na próxima sexta, traz 81 ambientes decorados com objetos garimpados em antiquários ou usados em funções diferentes, móveis reformados e até peças e revestimentos criados a partir de lixo eletrônico. Este ano, são 90 profissionais, entre arquitetos, decoradores, designers  de interiores e paisagistas, projetando espaços em 1.800 metros quadrados de área construída e outros quatro mil de área externa. Um dos destaques está logo na entrada do evento, que pela sexta vez acontece na Pequena Cruzada, na Lagoa. O ‘Estúdio da chef’,  ambientado pelas blogueiras Viviane Visentin e Viviane Pontes, reúne quarto, sala, escritório, cozinha e jantar, todos integrados como seria o apartamento de uma jovem chef de cozinha em início de carreira. — Usamos uma paleta de cores diversificada para criar o espaço de uma mulher antenada e ao mesmo romântica, que sabe aproveitar velhos objetos e dar um ar retrô à sua casa — conta Viviane Visentin, que, assim como a parceira e xará, participa pela primeira vez de uma mostra de decoração.  Os móveis são do Casa & Gourmet Shopping, que patrocina o ambiente, mas os objetos têm origens diversas. A estante foi feita com gavetas e caixas de vinho encontradas no lixo e pintadas no mesmo tom roxo da parede; as luminárias, com funis de plástico pintados com tinta spray cobre; os quadros montados a partir de imagens baixadas gratuitamente na internet; e, na parede, baixelas de inox pintadas de preto fosco são usadas como lousa”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Morar Bem/ Reportagem: Karine Tavares/ 22/09/13