Com o objetivo de convidar os hóspedes a se abrigarem em um espaço de leitura e descanso, Arnaldo Danemberg montou uma livraria no hall do anexo do Copacabana Palace. O acervo do Antiquário, com objetos dos séculos XVII até XIX, apresenta peças garimpadas na Inglaterra, França, Portugal e Brasil. Segundo Danemberg, a proposta foi criar “um lugar de estudos, novas ideias, grandes pensamentos. No ambiente, segui a linha decorativa do AD Chopin, bem ao lado, com tecidos em cores quentes (sobretudo o vermelho) e estampas florais, festejando o lugar”.

A livraria é decorada com peças como a mesa remanescente da Mairie de Cognac, na França, conjugada com cadeiras francesas de diversos tipos. Entre outros objetos, estantes de farmácia portuguesas em pinho de Riga, do século XIX, gategs inglesas William and Mary e Charles II, e poltronas neoclássicas francesas, também conferem beleza, requinte e conforto ao ambiente.