A Revista trouxe em matéria: “O arquiteto Carlos Murdoch descreve os objetos que indica para quem está atrás de peças de mobiliário que continuem valendo o investimento, mesmo daqui a muitos e muitos anos, como “futuros clássicos”. — São objetos que não sairão de moda, que podem ser adquiridos sem susto, no sentido da sua permanência sobre o tempo e o estilo, podendo se adequar às tendências futuras. Selecionei dois que considero significativos pela representatividade no design contemporâneo brasileiro — argumenta Murdoch”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Revista O Globo/Reportagem: Cláudia Amorim/16/03/14