Em reportagem, o caderno Ela falou sobre casa em Angra que foge do estereótipo rústico. Segundo a matéria, “poderia ser mais uma casa de condomínio em Angra dos Reis, bonitinha, mas sem personalidade. Entretanto, os dotes culinários da proprietária foram decisivos na escolha do projeto. — Ela adora cozinhar e tem uma coleção de panelas e acessórios Le Creuset. A partir da paleta de cores dos utensílios, fomos montando a decoração — contam as arquitetas Carmem Zaccaro e Marise Kessel, que também fizeram a reforma estrutural, trocando os pisos e as esquadrias, que agora são de PVC branco. — Como o visual era rústico, demos uma modernizada no conjunto, tiramos o gesso do teto e deixamos os lambris de madeira à mostra, mas pintados de branco. A reforma não durou  mais do que seis meses”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Ela/ Reportagem: Suzete Acgé/ 25/08/12