A Revista publicou em reportagem: “Um tronco de madeira é o começo de tudo. A matéria-prima vegetal, agora descascada, dá origem a um barquinho cru, de 20 centímetros. Este se multiplica, ganha cores e soma 80 modelos em versões cada vez menores. O último é uma miniatura, com um centímetro. A sequência de peças ocupa a primeira vitrine da exposição “Origem vegetal”, que acompanha a abertura do Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro (Crab). Inaugurado na última terça-feira, o espaço debruçado sobre a Praça Tiradentes “invadiu” três casarões históricos e tombados que passaram por dois anos de retrofit, um deles o Solar do Visconde do Rio Seco”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Revista O Globo/Reportagem: Carolina Ribeiro/27/03/16