O site da Veja Rio publicou em reportagem: “Pergunte a qualquer frequentador assíduo das pistas de dança do Rio sobre o melhor lugar para curtir a noite carioca. As chances de você ouvir o nome de uma festa como resposta são enormes. Esses eventos itinerantes são hoje os principais destinos de quem quer dançar e se divertir madrugada adentro, ocupando o lugar de boates que ficaram apenas na memória de quem viveu os áureos tempos das casas noturnas daqui. Em razão de alta imobiliária, desgaste de imagem ou decadência da programação, muitos endereços badalados fecharam suas portas. Inclusive espaços disputadíssimos, como a Regine’s e a Chez Castel, onde a nata da sociedade se divertia em festas glamurosas. Raros são os empreendimentos que duram quase 30 anos, como a Help em Copacabana, mas uma coisa é certa: alguns deixaram um enorme vazio na vida noturna da cidade”. Leia mais no site.

Fonte: Veja Rio/ Reportagem: Daniela Pessoa e Louise Peres/02/10/13

http://vejario.abril.com.br/especial/boates-casas-norturnas-das-antigas-que-deixaram-saudade-no-rio-732304.shtml