O site da Bamboo publicou em nota: “Em sua primeira edição, a bienal de arquitetura de chicago reúne profissionais de perfil mais ativo e multidisciplinar para debater novos jeitos de fazer arquitetura

A primeira Bienal de Arquitetura de Chicago abre suas portas neste mês com a missão de refletir sobre modos inovadores de fazer arquitetura. Pelo conjunto dos mais de cem participantes, já de cara o evento atrai olhares: saem os starchictects e seus projetos milioná- rios, entram jovens coletivos multidisciplinares.

Em comum, os selecionados são nomes em ascensão conhecidos pela atuação menos passiva e mais conectada com outros campos – arte, design etc. – e com as questões de suas comunidades. “Muitos participantes estão rapidamente, e à sua própria maneira, redefinindo o papel do arquiteto. Em vez de esperar por um cliente, muitos estão identifi- cando eles mesmos temas e oportunidades para posicionar a arquitetura nesses cenários”, disseram à Bamboo os diretores-artísticos Sarah Herda e Joseph Grima.”

Fonte: texto michele oliveira / fotos iwan baan, nlé, salomon r. guggenheim foundation, butler v adams, simeon duchoud, demian jacob e divulgação

Leia mais em:

http://bamboonet.com.br/posts/em-sua-primeira-edicao-a-bienal-de-arquitetura-de-chicago-reune-profissionais-de-perfil-mais-ativo-e-multidisciplinar-para-debater-novos-jeitos-de-fazer-arquitetura

galeria 1500, dos brasileiros do rua