Segundo reportagem do caderno Ela, “nem ouro, nem prata, nem bronze. O metal que nos interessa na decoração é o cobre, que começa a despontar em detalhes, nos móveis ou peças de decoração. Moderno, sim, mas é bom lembrar que o objeto de cobre mais antigo de que se tem notícia é do décimo milênio A.C., na Idade dos Metais. A cor do produto é o que mais importa. Especialmente nos meses frios (!), já que o cobre se associa ao fogo, às lareiras e ao sol poente”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Ela/Reportagem: Suzete Aché/19/07/14