Segundo matéria da revista Bamboo, “projeto de casa para terreno de 120 m2 no Leblon cria seis pavimentos, joga com espaços vazios e abre-se para a luz e a arte”. De acordo com a matéria, “a residência é contemporânea não apenas na sua linguagem, mas na sua história, que reflete um período dinâmico de fusões, dissociações, reencontros e, o mais importante, colaborações. No início, o projeto foi encomendado ao escritório de Cláudio Bernardes. Após alguns conceitos e croquis, em 2001 o arquiteto faleceu e o escritório se transformou em Bernardes, Jacobsen & Guimarães. Dois anos depois, Miguel Pinto Guimarães deixou a sociedade e montou seu próprio escritório.  O projeto foi, então, para sua terceira casa, sempre levando a rica contribuição de todos que participaram das fases anteriores. Como Lia Siqueira, que desde o inicio estava desenvolvendo a marcenaria, e acabou sendo uma das muitas mãos que colaboraram na idealização desta casa complexa, democrática, com diversas camadas se sobrepondo e conversando”. Leia mais na Bamboo.

Fonte: Bamboo/ André Becker/ 22/11/12

http://bamboonet.com.br/posts/uma-casa-no-leblon-feita-em-colaboracao-por-quatro-arquitetos-cariocas