O site da Bamboo trouxe em reportagem: ““A educação do olhar começa na infância”, afirma a designer Baba Vacaro, justificando o mote da Arranha-Céu, sua nova coleção de livros de arquitetura para crianças. Como se fosse necessário explicar uma ideia tão boa quanto contar a história de prédios importantes para um público curioso e criativo. A inciativa de Baba, em parceria com o ilustrador Daniel Almeida e publicação da Editora C4, é louvável tanto no conceito quanto na execução de seu primeiro fruto. Recém-lançado, A Cidadela conta a história do Sesc Pompeia de Lina Bo Bardi. Com texto poético de Rogério Trentini e ilustrações divertidas de Daniel Almeida, o livro narra como uma fábrica abandonada se tornou um espaço público de lazer. No percurso, são apontados elementos da arquitetura tão peculiar de Lina: as diferenças entre os prédios, as pontes que os unem, as formas das janelas. “Adoro contar as histórias da arquitetura, é o que faço no programa Casa Brasileira. Às vezes sinto que os arquitetos se distanciaram demais das pessoas comuns, usam um discurso muito específico. Sempre quis traduzir isso para um público maior. Aos poucos fui percebendo que as crianças poderiam gostar também”, conta Baba. A publicação é acompanhada de audiolivro narrado pelo arquiteto Henrique Reinach, com trilha de Fernando Moura. Amante das plataformas audiovisuais, liderando programas de tv e de rádio, Baba relembra que ouvia contações de histórias em disquinhos de vinil quando criança. “O Henrique tem uma voz deliciosa. É literalmente um arquiteto contando uma história para seu filho”, diz. Para os próximos volumes, a designer pensa na Casa da Gávea, sede do IMS, e em projetos de Niemeyer e Artigas. “Quero analisar lugares que tenham importância não apenas individual, mas também no contexto da cidade, que acrescentem bastante ao repertório arquitetônico das crianças e que possam ser visitados por elas”, resume”. Leia mais no site.

Fonte: Bamboo/Reportagem: Maria Silvia Ferraz/Fotos: Divulgação/09/12/15

http://www.bamboonet.com.br/posts/a-cidadela-com-a-historia-do-sesc-pompeia-de-lina-bo-bardi-e-o-primeiro-volume-de-colecao-de-livros-infantis-comandada-por-baba-vacaro