Com mais de 25 anos de carreira, Eliane Fiuza é conhecida pelos projetos de bom gosto e aprimoramento técnico. Apaixonada pela profissão desde criança, ela afirma que o arquiteto sempre sonha em fazer o diferente, algo inédito. “A novidade é sempre um  desafio. A concretização das nossas ideias é o barato da arquitetura”, conta ela em entrevista ao Radar Decoração.

RD: Como surgiu a arquitetura na sua vida. Por que escolheu essa profissão?
E.F: Desde pequena sempre tive uma boa noção espacial, desenhava bem e sempre andava observando a arquitetura de prédios e casas. A mistura de arte e técnica sempre me encantou.

RD: No seu site você afirma que um dos seus diferenciais é o atendimento personalizado. Como funciona esse trabalho e quando percebeu que era importante ter essa qualidade?
E.F: O atendimento personalizado, ou seja, as visitas à obra para acompanhar a execução dos serviços, é a garantia de um bom projeto.

RD: Como você define seu estilo? Qual foi o caminho que percorreu para desenvolvê-lo?
E.F: Quem dita o estilo é o cliente. Desde cedo você aprende a respeitar o gosto do cliente. A percepção do arquiteto é muito importante para haver uma afinidade entre o cliente e o profissional.

RD: Entre tantas fontes e possibilidades que temos atualmente, de onde vem a sua inspiração? Como você faz suas escolhas?
E.F: A inspiração é um somatório de coisas. A gente não deixa de estudar nunca, estamos sempre em busca de novidades. As viagens também abrem nossa cabeça, mas a experiência conta muito.

RD: Como é a sua casa? O que você gosta de ter nela?
E.F: Eu amo a minha casa, é o meu porto seguro. É uma casa toda prática e funcional, com referências da minha família e viagens. Não tenho obsessão de ficar mudando coisas o tempo todo, mas de vez em quando dou uma modernizada trocando estofados e pintando.

RD: Como você se informa sobre o mercado de decoração?
E.F: Através da internet, viagens, livros, revistas, exposições e mostras.

RD: Quais você acredita serem as peculiaridades do mercado carioca? Qual o papel ou importância do Rio dentro do mercado brasileiro de arquitetura e decoração? O que falta nesse mercado?
E.F:: O carioca tem um despojamento nato e essa simplicidade fica muito elegante. Na arquitetura temos excelentes profissionais e uma das nossa características é a integração da natureza, da nossa beleza geográfica nos projetos.

RD: Conte um pouco sobre os projetos que está fazendo. Algum que curte em especial? Algo que sonha em fazer e ainda não fez?
E.F: Estamos fazendo casas, apartamentos, coberturas e escritórios. Estamos curtindo todos eles. O arquiteto está sempre sonhando em fazer o diferente, algo que não fez. A novidade é sempre um desafio. A concretização das nossas ideias é o grande barato da arquitetura.

 

Serviço: Eliane Fiuza Arquitetura e Interiores

Endereço: Rua Dalcídio Jurandir, 255/319 (Barra da Tijuca)

Telefone: 2438-4282 / 2438-0505