A coluna Em casa, por Marcia Müller, publicou em nota: “Foi-se o tempo que cozinhar ficava restrito a pessoas especializadas, cozinheiras ou a poucas com talento. A França, sempre conhecida pelas donas de casa amantes da cozinha, não está mais sozinha… Cozinhar se popularizou, ou melhor, virou mais uma atração na rotina de quem gosta de casa. Os tradicionais jantares feitos pela cozinheira ou pelas grandes banqueteiras ainda têm o seu lugar. Mas o jantar em casa, feito pelo dono ou dona da casa, virou um hábito comum e muito charmoso. Existem mil cursinhos para aprender a fazer comidas simples ou sofisticadas e, cada vez mais e mais, donos de casa amam essa função. Ter uma cozinha integrada na sala ajuda e torna esse hábito bem mais interessante. Já tive vários clientes que não querem mais aquela cozinha isolada e separada da casa. E vejo isso na indústria dos modulados especializados, onde as cozinhas com design, lindas e práticas, nos fazem querer ver esse ambiente dentro da sala. As cozinhas bem feitas e bem desenhadas são lindas! Mostro um projeto onde o cliente pode executar duas cozinhas, uma inteiramente dentro da sala e a outra mais completa, um pouco mais isolada. Todas se comunicam com a sala e entre si. E nos jantares, com os amigos ou para o casal, a cozinha e o chef estão praticamente dentro da sala e tudo está integrado. Cozinhar, agora, pode ser mais uma função dentro da sala!!!!!”. Leia mais no blog.

Fonte: Lu Lacerda/16/09/14

http://lulacerda.ig.com.br/em-casa-por-marcia-muller-cozinha-gourmet/