Poucos temas estão tão em alta no universo da arquitetura quanto a sustentabilidade. Mas quais são os recursos disponíveis para construir e viver de forma a colaborar com o meio ambiente. O Radar Decoração conversou com o arquiteto Aristóteles Queiroz, da Arquitetarte, sobre dicas simples e baratas para quem quer dar o primeiro passo e seguir com um modelo de vida mais “verde”.

 

– Horta Suspensa – o prazer de colher ingredientes direto da sua hortinha é simples e não requer grandes espaços. Se a  casa é pequena, escolha um local arejado e faça uma horta suspensa. Com 20 cm apenas, já é possível plantar especiarias, como salsa ou cebolinha, por exemplo. Para os moradores de casas, o muro pode ser aproveitado e, além de lindo, ainda dá para economizar com a pintura. A foto abaixo mostra um projeto em que o arquiteto construiu uma dessas hortas.

– Reservatório Inteligente – a água é um dos maiores bens que o homem tem hoje, o que torna necessário seu reaproveitamento. Um jeito simples é recorrer a um reservatório inteligente onde a água da chuva e até mesmo a água da piscina podem ser reaproveitadas. Esta água serve para a lavagem dos carros, das calçadas, para regar as plantas, etc. O projeto é barato, pois basta a confecção de um reservatório.

– Telhado Verde – um local esquecido pela maioria das pessoas pode virar uma área de lazer e, ainda, ajudar o meio ambiente. O Telhado Verde pode ser feito de grama sintética ou natural e ajuda a manter a temperatura da casa, economizando energia devido ao menor uso de ventiladores ou ar-condicionado. Em locais mais frios, ele mantém a  temperatura mais agradável e faz o caminho inverso: economiza no uso de aquecedores de ambiente. Na foto, um projeto com telhado verde.

 

– Lâmpadas fluorescentes em vez das tradicionais – as lâmpadas são responsáveis por cerca de 20% do gasto de energia no mundo. Por isso, uma atitude simples e super barata é fazer a troca das lâmpadas tradicionais (as incandescentes), pelas lâmpadas brancas (fluorescentes ou eletrônicas), que economizam em média 40% de energia, podendo chegar a até 70%.

– Eletrodomésticos Econômicos – optar pela compra dos eletrodomésticos que economizam energia também é importante. Basta ficar de olho no selo que está no produto e optar pelos eletrodomésticos que tem o nível A, que são os que mais economizam energia.

 

– Válvulas Especiais – trocar as válvulas do vaso sanitário e das torneiras da casa pelas válvulas especiais, que se adaptam a diferentes modelos de torneiras. As válvulas especiais controlam a saída de água e contribuem para uma economia de até 40% .

 

ARQUITETARTE – Projeto e construção
Av. das Américas, 2.901 sala 502 – Barra da Tijuca – RJ

 

Tel.: (21) 3325-4930