De acordo com nota da coluna Gente Boa, “Paulo Vidal, arquiteto com especialização em patrimônio, é presidente do Instituto Estadual do Patrimônio Cultural, Inepac, há oito meses e quer aproximar a sociedade da discussão sobre a necessidade da preservação. ‘O patrimônio perdeu o diálogo para o meio ambiente. Hoje todo mundo sabe o que é preservar o mico leão dourado, mas nem todo mundo entende a importância do patrimônio’,  resume. Paulo conta que o Inepac vai abrir escritórios em Petrópolis, Valença e Miracema. ‘São lugares com centros históricos importantes. Quero inserir a questão do patrimônio dentro da vida das cidades’, diz. Fazer com que bens tombados ganhem novos usos e se tornem autossustentáveis é outro desafio”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Segundo Caderno/ Gente Boa/ 27/03/13