O nome é “Casa Jardim” e o local, a Urca. É ali, nesse bairro preservado como um vilarejo e à sombra do Pão de Açúcar, que Elizabeth de Portzamparc, brasileira e esposa do arquiteto francês Christian de Portzamparc (que assina a Cidade das Artes), pretende construir sua moradia no carioca. “As obras vão começar agora e devem estar concluidas em 2014. Mas o planejamento é antigo, lá se vão 10 anos… Sempre quis ter um pouso aqui. Vai ser um imóvel enxuto, com 305 metros quadrados, em um terreno de 500 metros quadrados, mas tem tudo o que acho essencial: planejamento, estilo, leveza e um diálogo com a arquitetura do bairro”, explica ela.
Tratando-se de uma edificação vizinha ao morro, o projeto deixa entrever os jardins que atravessam a casa desde o térreo e se prolongam pela encosta. O paisagismo é original de Fernando Chacel. “O teto verde vai ter uma função térmica. A ventilação natural foi estudada para permitir que o vento circule em todos os cômodos. Trata-se de uma casa pensada em função deste lugar especifico, onde cada detalhe virá dialogar com o entorno, no caso, o Morro da Urca, talvez o monumento natural mais simbólico do Rio”, arremata ela. Enfim, mais um marco bacana de arquitetura que o Rio vai ganhar, em breve….

 

Imagens de Divulgação