Elas cursaram arquitetura juntas, mas cada uma seguiu seu caminho e foi através de uma amiga que Cristina Bezamat conheceu o irmão de Laura Bezamat, com quem se casou. Elas estavam em escritórios de arquitetura diferentes com dificuldade de conciliar a vida profissional e o trabalho quando apareceu o projeto de um restaurante que resolveram fazer juntas. Depois desse, os trabalhos não pararam de surgir, elas perceberam que a dupla trazia mais facilidade quanto aos horários e autonomia e vão completar 21 anos de uma parceria conhecida por ser “pé no chão”. Leia mais em entrevistas https://radardecoracao.com.br/06/%E2%80%9Csomos-arquitetas-normais%E2%80%9D/