Segundo a coluna Em casa, por Marcia Müller, “quem disse que circulação é um lugar apenas de passagem? Um dos espaços mais usados da casa, ele conecta e distribui… Circulação sem iluminação e estreita chega até a oprimir. Um bom projeto de arquitetura pode ser observado pela forma de resolução da circulação. O fluxo da casa passa por esse espaço – uma largura generosa, iluminação e ventilação fazem o fluir da casa ser agradável e também cheio de charme. Aconselho criar uma circulação que não tenha cara de corredor e com, no mínimo, 1,20 metro de largura… Mas essas situações ideais raramente acontecem com a limitação de espaço com que vivemos hoje em dia. Metragem quadrada é um luxo quando podemos dispor sem limitações. Mesmo assim, sempre podemos transformar uma circulação estreita em um espaço elegante, charmoso e supersimpático. Mostro alguns projetos onde pude fazer uma diferença entre simplesmente passar e chegar algum outro lugar da casa”. Leia mais no blog.

Fonte: Lu Lacerda/05/11/13

http://lulacerda.ig.com.br/em-casa-por-marcia-muller-circulando/