A coluna Jornal de Casa trouxe em nota: “A palavra de origem japonesa wabi-sabi remete a um estilo que valoriza a simplicidade e as marcas deixadas pela passagem do tempo. E foi baseada nesse conceito que a designer e publicitária Laura Sugimoto abriu seu simpático estúdio na Barra da Tijuca, na zona oeste carioca. Aqui, a paulista produz de origamis de papel reciclado a esculturais arranjos de plantas, montados em terrários feitos de vidro reaproveitado. Galhos retorcidos e pedras, encontrados nas redondezas do condomínio onde mora, também compõem as criações. “Junto itens garimpados em brechós a material descartado e monto objetos únicos. A ideia está em lançar um novo olhar sobre o antigo, o ousado. Não há peças criadas em série ou exatamente iguais”, conta ela, que cultua a sustentabilidade com apreço. “Faz parte da minha filosofia de trabalho e vida”, afirma”. Leia mais na Casa Claudia de março.

Fonte: Casa Claudia/Jornal de Casa