O blog da Lu Lacerda publicou a coluna de Marcia Müller: “Hoje em dia, o conceito do banheiro mudou muito: voltou a ideia dos anos 40, da sala de banho, a ‘sale de bain’, como dizem até hoje os franceses. Pois é, passamos tanto tempo no banheiro que este espaço precisa ser realmente convidativo, confortável, visualmente e concretamente. Para isso, hoje em dia temos boutiques especializadas em itens de banheiro. Designers se dedicam a criar peças confortáveis e lindas. Banheiros para nós, arquitetos, são meticulosamente trabalhados: pensamos no usuário, mas também pensamos muito no revestimento (inúmeras e lindas opções), no posicionamento na planta pela insolação e ventilação, nos metais, nas louças, enfim… Para cada um desses itens, um leque de variedades exclusivas e deslumbrantes. Mas o mais exclusivo para esse banheiro dos sonhos (além do projeto) são os acessórios: nada melhor que uma toalha de algodão branca (sempre) grande e cheirosa da Trousseau, um robe idem de toalha de algodão. Além, é claro, de todos os cheiros de ambiente – velas e sabonetes – serem sempre do mesmo perfume… Ai, com é bom ficar muito tempo em frente ao espelho… Espelho, espelho meu!”. Leia mais no blog.

Fonte: Lu Lacerda/ Em Casa/ 26/02/13

http://lulacerda.ig.com.br/em-casa-por-marcia-muller-ah-se-o-nosso-banheiro-falasse/