A coluna Design Rio informou em reportagem: “Todo carnaval deixa uma história guardada no coração do folião. O melhor é quando essa lembrança pode ser tirada da gaveta, usada de vez em quando e, ainda por cima, carregar o status de peça de design ou mesmo de obra de arte cheia de humor. As camisas de blocos — que nada têm a ver com os comerciais abadás — são chiques assim: fantasias com assinatura (de um artista plástico, um designer, um cartunista…) que se tornam belas recordações da folia que passou”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Rio/Design Rio/Reportagem: Paula Autran, Simone Candida e Ludmilla de Lima/16/02/14