Há cinco anos, a simpática casa no alto da Gávea funcionava somente como um estúdio para os amigos e fotógrafos Bruno Veiga, Ricardo Fasanello e Ana Stewart. De lá pra cá, o lugar cresceu e apareceu,  virou um dos mais prestigiados espaços para venda, exibição e produção de fotografias do Rio. Hoje, a Galeria da Gávea, além de possuir no seu acervo o trabalho dos três sócios fundadores, reúne também imagens de grandes feras da fotografia brasileira de diferentes gerações como Bina Fonyat, Luiz Braga, Antonio Guerreiro e Antonio Augusto Fontes, entre outros nomes.

“Agora ganhamos uma nova sócia, a curadora Isabel Amado, que organiza nossas exposições”, conta Bruno Veiga. O espaço que tem participado de importantes mostras de fotografia em todo país, como a SP Arte, em São Paulo, a maior feira brasileira de galerias de arte, e atualmente abriga a expo Cinépolis, de Bob Wolfenson, já virou referência no Rio na área de fotografia entre os arquitetos e decoradores cariocas. Bruno diz que o mercado está aquecido em todo mundo o que faz com que esta vertente das artes visuais se valorize cada vez mais aqui no Brasil também. “De uns anos para cá, está havendo também uma evolução muito grande na qualidade do material usado por nós, desde o papel ao tipo de acabamento que utilizamos nas fotos. O resultado final é um produto com mais durabilidade, de nível museológico”, diz o fotógrafo. Segundo ele,  o acervo da Galeria da Gávea segue padrões internacionais de conservação. Todas as obras possuem tiragem limitada e estão acompanhadas de certificado de autenticidade assinado pelos artistas.

Telefone : (21) 2274-5200
contato@galeriadagavea.com.br

www.galeriadagavea.com.br
Preços : a partir de R$ 6 mil
Visitas com hora marcada