À primeira vista, a Dona Coisa é uma sofisticada multimarcas voltada para o universo da moda, com a proposta de garimpar grifes bacanas e autorais. Mas quem adentra o espaço, na rua Lopes Quintas, repara que a proposta de Roberta Damasceno, a proprietária, vai além: ali, a ideia é montar um lounge conceitual, como muitos que vêm pipocando pelo mundo afora, onde roupas e objetos de decoração convivem em perfeita harmonia. Sempre em busca de novidades, a aposta do momento ali são as almofadas de Elisa Atheniense, feitas de couro em uma trama primorosa. “Ela conseguiu transferir toda sua experiência da linha de bolsas para as almofadas e mantas de couro. O acabamento é lindo. Ficamos encantadas e lançamos, aqui no Rio, a sua linha home”, conta Roberta, que adianta o que mais já está nas prateleiras ou vem por aí.

“Além do canto da Granado/Phebo, montado em dezembro, estamos com os pufes, banquetas e almofadas da Ana Morelli, com um patchwork de tecidos garimpados pelo mundo afora. As peças são únicas”, diz ela. Outra exclusividade são os copos, taças, luminárias e vasos, em vidro cristal, do designer Eduardo de Castro, que parecem ser bordados a mão. E tem mais: o segundo piso, em breve, onde estava a linha de moda masculina, vai ser ocupado pelos móveis assinados por Eduardo Moura, ex-Infinitta design. Ele customiza peças antigas, imprimindo um olhar irreverente e exclusivo. A Dona Coisa não para.

www.donacoisa.com