O caderno Niterói informou em matéria: “No dia a dia cada vez mais corrido, ter à mão temperos fresquinhos plantados na cozinha ou na varanda, e sem o uso de agrotóxicos, pode ser uma tremenda mão na roda. Além de economizar tempo no supermercado, pequenas hortas projetadas por designers e arquitetos atendem a demandas dos clientes e inserem itens inesperados à decoração. O tamanho do espaço, seja a varanda ou a cozinha, não é problema, tampouco a falta de iluminação, afirmam os profissionais. Basta querer. A designer de interiores Sheila Netto conta que num de seus projetos, no Ingá, quis mostrar que era possível ter uma dessas hortinhas mesmo num ambiente apertado e pouco arejado: — Isso também demonstra como se pode aproveitar aqueles cantinhos a princípio sem utilização, dando cor e funcionalidade a eles”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Niterói/19/03/16