O caderno Economia trouxe em reportagem: “Personalidade. É o conceito do momento na hotelaria carioca. Ele turbina o impulso a uma robusta expansão em quantidade, mas principalmente em qualidade na fatia top do setor. Para usar um termo familiar aos turistas, traz um upgrade e tanto à rede hoteleira do Rio. Dos 79 hotéis em construção na cidade e com abertura prevista até a Rio 2016, 58 serão de quatro (43) e cinco estrelas (15). Estão nesse leque novidades como as primeiras unidades no Brasil da So, bandeira de hotéis butique da Sofitel, e da Yoo, que leva a assinatura do estúdio capitaneado pelo designer Phillipe Starck. Nessa onda chega ainda a segunda unidade na cidade da Prodigy, da brasileira GJP Hotels & Resorts, que ficará colado ao Aeroporto Santos Dumont, e integra o Bossa Nova Mall. E há a unidade pioneira com foco em design da Blue Tree, no Recreio”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Economia/Reportagem: Glauce Cavalcanti/08/03/15