O caderno Ela divulgou seleção de peças com inspiração na Rússia. Segundo a reportagem, “esqueça a Rússia sem graça da pós-revolução e mergulhe no glamour da época dos czares, quando o luxo não tinha limites e o importante era manter as aparências. Entrou no clima? Entre agora no mundo de ‘Anna Karenina’, o filme, que foi ambientado num antigo teatro russo, em um cenário de tirar o
fôlego. Não por acaso, a direção de arte da dupla Sarah Greenwood e Katie Spence foi indicada ao Oscar. O requinte dos ambientes passa pelos salões cheios de lustres preciosos e pela intimidade delicada, povoada de sedas, pratarias e aparelhos de porcelana. Em vez de suspirar pelas idas e vindas do casal apaixonado, resolvemos arrancar suspiros dos leitores buscando móveis e objetos que poderiam muito bem estar na casa dos personagens. Sem os ovos de Fabergé (as pinhas são substitutos charmosos), mas com espelhos dourados, papéis de parede e almofadas, protagonistas do estilo dessa época que trazem para a casa pitadas de fantasia indispensáveis ao nosso dia a dia”. Entre os destaques, lustre Taif, da Lumini; placa de parede da Toute Chose; minixícara de porcelana  e bufê da Arteiro; pinha do Studio Grabowsky; poltrona Artefacto Beach&Country; busto  e arandela da Secrets de Famille; papel de parede da Orlean, centro de mesa e cômoda bombê da Rosa Kochen; almofada da Paramento; espelho do Le Modiste; espelho de O Galpão; e jarra Christofle da Elle et Lui Home. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Ela/ Reportagem: Suzete Aché/ 16/02/13