Segundo nota da coluna Gente Boa, “não foi só na Sapucaí. O LED invade também a decoração doméstica. ‘Havia preconceito’, diz Maneco Quinderé, que iluminou de LED os carros e fantasias da Grande Rio, ‘mas a indústria conseguiu um tom incandescente que dá sofisticação’. Quinderé faz dois projetos com a luz no Jardim Pernambuco”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Segundo Caderno/ Gente Boa/ 14/02/13