O Ela Online trouxe em reportagem: “Peças são releitura do antigo modelo criado por Thomas Edison no século XIX

Nem precisa de luminária elaborada, a graça está na própria lâmpada. É o que dizem decoradores, arquitetos ou profissionais da área quando o assunto é filamento de carbono. Se o nome parece estranho, uma breve explicação: neste tipo de lâmpada, o filamento forma uma espécie de desenho dentro do bulbo de vidro, com uma luz de menor intensidade.

— Esses novos modelos podem ser considerados uma releitura daquelas primeiras lâmpadas criadas por Thomas Edison, no final do século XIX. Com o passar dos anos, os filamentos passaram a ser de tungstênio, que emite mais luz — explica Regina Arantes, gerente de produtos da Bella Iluminação, que tem em seu catálogo três modelos feitos com filamentos de carbono. — Elas voltaram com força total. Têm um ar retrô e uma luz mais discreta, suave, meio alaranjada. Dão um ar aconchegante e podem ser usadas em vários tipos de ambiente.”

Fonte: Ela /Decoração

Leia mais sobre esse assunto em http://ela.oglobo.globo.com/decoracao/lampada-com-filamento-de-carbono-ganha-destaque-em-projetos-de-iluminacao-16359592#ixzz3eBtIvhCy