Quando compraram essa casa de 200m2, em Angra dos Reis, com um leve clima de pescador, os proprietários logo perceberam que uma boa reforma era fundamental para tornar os espaços mais gostosos e usados. “A área social precisava ser ampliada, para ficar mais arejada e aberta, a circulação merecia um novo desenho e a iluminação também estava fora dos padrões. Mas o principal, ali, era fazer todas essas mudanças sem perder a essência original da moradia, que tinha um traço típico do balneário”, conta a arquiteta Carolina Escada que, junto com a sócia Patricia Landau, da Escala, assina o projeto. “No final, foram acrescidos 80m2, delimitamos um ambiente para o home theater na antiga sala de estar e os arcos, que dividiam os ambientes, viraram linhas retas, trazendo um visual mais moderno. O forro foi pintado de branco e cobrimos o piso com placas de cimento. Uma diferença enorme! A varanda também foi toda repaginada e virou o ponto de encontro, com teto forrado de palha. No mobiliário, investimos em um tom rústico com peças de madeira de demolição, garimpadas em Tiradentes. Uma ideia boa foi pintar a parede que faz fundo para a escada de azul marinho, destacando a geometria dos degraus. E teve muita coisa aproveitada do acervo da cliente, com estofados claros. Ou seja, há um mix de estilos e a decoração, assim, ganhou personalidade”, acrescenta Patricia.

 

Iluminação Lightworks,

Sofá varanda – Novo ambiente,

Mesa de jantar –  Elle et lui maison

Aparador home theater – Deposito Santa Fé

Marcenaria – Francisco Rodrigues/Tiradentes.

 

www.escala.arq.br

 

FOTOS: MCA Estudio