Segundo matéria do Morar Bem Online, “Uma forma fácil e barata de deixar sua casa com o seu jeito é encher a parede de referências. Uma parede que fala — seja por meio de letras isoladas, de palavras, de frases ou até de diálogos — fica charmosa, interessante e diz muito sobre quem mora ali. Que tal uma palavra que tenha um significado importante para você? Ou a inicial de seu nome? Ou várias letras, se você é dado a elas. Você pode fazer seu próprio abecedário, se leva jeito para trabalhos manuais, com madeira e papel de presente. Ou pode optar por adesivos e papéis de parede”. Em destraque, projeto de Patricia Fiuza no Casa Cor Rio; ambiente de Andréa Spelzon e Pedro Lima no Morar Mais por Menos; sala de estar de Paloma Yamagata; papel de parede da Wall & Deco; e quarto de Maurício Nóbrega. Leia mais no Globo Online.

Fonte: Globo Online/ Morar Bem/ 07/11/12

http://oglobo.globo.com/imoveis/paredes-que-falam-6656088