De acordo com nota da coluna Gente Boa, “entre o mobiliário antigo que ilustra o belíssimo livro sobre a fazenda São Luiz da Boa Sorte, no Vale do Café, que Liliana Rodriguez lança quarta-feira no
Copacabana Palace, está a escarradeira acima. A etiqueta aconselhava expelir os fluidos, considerados ruins ao organismo. Era  de bom-tom escarrar com elegância, ou seja, acertar em cheio, de uns três metros de distância, o buraco das escarradeiras. Elas eram de porcelana ou de metal”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Glboo/ Segundo Caderno/ Gente Boa/ 17/03/13