Segundo reportagem do caderno Zona Sul, “não é raro que, ao entrar em uma loja de decoração, o cliente se encante por uma obra de arte, mas se frustre ao perceber que ela não está à venda. O cenário mudou, no entanto, em alguns estabelecimentos vanguardistas da Zona Sul. As tradicionais Way Design, Arquivo Contemporâneo, Novo Ambiente e LZ Studio montaram uma curadoria para selecionar o conjunto de obras de arte em exibição. Trabalhos que o cliente pode levar para casa na hora. O objetivo é aproximar a artedas esferas do design e da arquitetura”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Zona Sul/Reportagem: Clarissa Pains/28/08/14