Aos 104 anos, o arquiteto Oscar Niemeyer morreu na noite de ontem, quarta-feira. Internado desde o dia 2 de novembro no Hospital Samaritano, onde vinha sendo submetido a hemodiálise e fisioterapia respiratória, Niemeyer teve piora acusada por exames laboratoriais nos últimos dias. Após uma parada cardíaca na manhã de ontem, ele foi sedado. À noite, não resistiu e morreu em função de complicações de uma infecção respiratória. Ele completaria 105 anos no dia 15 de dezembro. O jornal O Globo publicou caderno especial em homenagem à vida e obra do arquiteto.