O Segundo Caderno publicou em matéria: “Foram R$ 7 milhões, 18 meses de obras e dois adiamentos. Com inauguração inicialmente prevista para março deste ano, o Museu de Arte Contemporânea de Niterói (MAC) teve sua abertura prometida para maio, e no mês passado, teve a data corrigida para junho. Mas é um prédio renovado o que será entregue amanhã ao público, a partir das 18h. Cartão-postal da cidade e do estado, a instituição desenhada por Oscar Niemeyer e inaugurada há 20 anos — o aniversário será em agosto — ganhou, para começar, um sistema novo de ar-condicionado. Este, segundo Luiz Guilherme Vergara, curador da instituição, era o ponto crítico a ser solucionado, uma das principais reivindicações de João Sattamini para continuar a manter lá, em regime de comodato, suas 1.200 obras (em dezembro de 2015, o colecionador renovou o contrato com o MAC, por quatro anos)”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Segundo Caderno/Reportagem: Nani Rubin/15/06/16