Segundo a coluna pelos 4 Cantos, “até poderia ser uma galeria, já que ali vão ficar expostas boa parte das obras do artista plástico Ascânio MMM. Mas ele prefere chamar seu novo espaço apenas de ateliê. Afinal, depois de dois anos de obra, Ascânio conseguiu transformar, no espaço que sempre sonhou, os três sobrados do início do século passado, que comprou no Estácio: um ateliê em que
consegue fazer e guardar suas obras de grandes dimensões, além de manter um escritório para guardar relíquias — de fitas cassete a super-8, além de uma infinidade de desenhos, todos sendo digitalizados. — Meu sonho era ter um lugar onde pudesse deixar  montadas todas as minhas peças — conta o artista”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Morar Bem/ Pelos 4 Cantos/ 14/04/13